Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2017

A redução da maioridade penal no Brasil e seus argumentos falhos

Imagem
A aprovação da redução da maioridade penal no Brasil não pode se basear no argumento causal da diminuição da violência, no aliciamento de menores junto ao crime organizado ou pelo desejo da maioria da população.Antes, ele deve pautar-se na aplicação da justiça e princípios éticos, visto a existência da responsabilidade individual em cada ser humano que faz uso da violência como prática.
Um dos principais artigos nesse blog mostra que o principal argumento contra o desarmamento e a favor do porte legal de armas de fogo não está vinculado às estatísticas de assassinatos através destes instrumentos. Antes, o principal argumento está relacionado ao direito naturalde autodefesa do ser humano. Neste texto, apresento uma justificativa similar a favor da redução da maioridade penal no Brasil. Vejo o debate muito concentrado em grupos cujos principais raciocínios buscam prever números de assassinatos futuros sob ambas condições. Esse é um argumento utilitarista, e possui raízes fracas se elevarm…

Renda variável e renda fixa: qual é a mais tangível no dia a dia?

Imagem
Por que investir parte da carteira de investimentos em renda variável é, em geral, um tabu? Seria, em parte, o conceito de que são os ativos de renda fixa modelos mais fiéis do mundo real?Entretanto, a presença ao nosso redor de empresas e imóveis negociados no mercado torna essa ideia sem sentido.Exponho aqui alguns cenários em minha rotina. Com o mesmo exercício, você notará que a renda variável, definitivamente, faz parte dos ativos reais de nossa vida.
Por que há poucos investidores em renda variável no Brasil?
Atualmente há quase 1 milhão de pessoas físicas com investimentos diretos em renda variável no país, sendo cerca de 850 mil para ações (janeiro de 2019) e 230 mil para fundos imobiliários (março de 2019). Apesar do crescimento nos últimos meses, é um valor irrisório perto de nossa população. Como comparação, nos EUA esse número supera os 200 milhões.

Sobre socialismo e comunismo: a emoção e a intenção vencendo a razão

Imagem
Por que a mentalidade socialista domina o mundo? Neste artigo, sugiro 4 ideias para entender essa supremacia absurda no mundo ocidental.

Seria a infância cultural, seus limitados modelos mentais e a criação frequente de espantalhos para autodefesa? Ou um baixo IDP e o desejo de manter-se longe das decisões?

Talvez um apego sentimental, derivado da intencionalidade em detrimento à impessoalidade? Ou afinal, esse modelo mental é fruto de uma ineficiência dos discursos liberais? Ou tudo isso junto?
Seguem minhas opiniões sobre o assunto tendo, como pano de fundo, minha viagem ao Sudeste Asiático.


Minha passagem pelos três países do Sudeste Asiático reforçou na minha mente uma das características do ideal socialista: a impossibilidade de aceitar seu fracasso como modelo social, ideológico e econômico aplicado a qualquer país do globo, facilmente identificável por uma simples observação histórica e um mínimo de bom senso.

Quando confrontados com os genocídios soviético, chinês e cambojano e a …