Clique para as ofertas de final de ano da Amazon

Viagem solo: os prazeres de viajar sozinho

Considerações e reflexões sobre viajar sozinho. O melhor destino é qualquer um, desde que possamos incorporar descobertas que são determinantes para a existência.
Os prazeres de empreender uma viagem solo

Viajar sozinho permite que se revele possíveis descobertas anteriormente ocultas.

E essa solitude pode ser determinante para sua existência.


Muitas pessoas torcem o nariz com a expectativa de aventurar-se em uma viagem só, sem alguma companhia, o que pode causar muitas desistências mesmo antes do planejamento da aventura. A companhia muitas vezes é a condição desse planejamento, pois a maioria não gosta de viajar sozinha.

Entretanto, nem sempre pessoas próximas ou com afinidades semelhantes podem estar presentes em nossos projetos, principalmente quando a viagem for longa, uma vez que sua duração é sempre inversamente proporcional à possibilidade dessas presenças durante todo o percurso. Mas será que vale a pena abortar um desejo de viagem pela impossibilidade de companhia? Independentemente para onde se vá viajar sozinho, será que isso é realmente ruim?…


Viajar sozinho pode ter mais vantagens do que desvantagens


Um primeiro ponto nos mostra que, nos dias de hoje, a solidão real em uma viagem ocorre apenas para os extremamente introvertidos, pois a maioria dos melhores destinos, seja para uma viagem solo ou em companhia, estão repletos de gente, principalmente se o viajante procurar abrigo em hostels. O desejo de criar novas amizades com pessoas de diversos locais do mundo é uma das forças que movem multidões para esses lugares.

Uma forma de consolo (embora não tão divertido) à falta de companhia para quem não mergulha nesse tipo de roteiro é o acompanhamento das redes sociais, a comunicação on-line ou ser autor/leitor de blogs, compartilhando suas experiências. Assim, viajar sozinho na maior parte das vezes termina por não ser, na verdade, a mesma coisa que uma viagem solitária.

Um segundo ponto refere-se à mudança de foco quando o viajante inicia uma viagem solo. Claro que, apesar de encontros e desencontros, ele terá os seus momentos solitários. E nessa particularidade, o foco é alterado. E alterar, mesmo que marginalmente, sua centralidade, pode ser muito positivo em determinados momentos da vida. Uma viagem solo pode ser um bom momento, não acham?

Considerações e reflexões sobre viajar sozinho. O melhor destino é qualquer um, desde que possamos incorporar descobertas que são determinantes para a existência.
Clique para receber um cupom de desconto
As vantagens apregoadas em viajar só, em geral, englobam a perspectiva de novas amizades e, indiretamente, fornecem uma maior liberdade e autonomia, momentos de reflexão e autoconhecimento, incluindo crescimento pessoal. Muitos definem esse estado como solitude, que é diferente de solidão, embora esta possa ser necessária para àquela.

Essas ocasiões proporcionam silêncio e tranquilidade, promovendo a ligação com nossa fonte de criatividade e diminuindo a turbulência que existe na nossa mente. Repare que são situações fortalecidas em seus momentos solo, que só podem ocorrer quando viajamos sem companhia.

Não existe o melhor lugar ou destino para viajar sozinho: o importante nesse processo é pensar a relação com você mesmo, é não sentir necessidade de estar incluído em um grupo. É despir-se de sua dependência, do seu nome, dos seus bens, do seu status. É encontrar-se na sua essência, sendo o próprio juiz de seus atos, julgando de forma imparcial, sem preocupação em adaptarmo-nos às expectativas dos outros. Expectativas que muitas vezes impedem sutilmente a manifestação de certos aspectos de nossa personalidade.

Na perspectiva do ambiente, viajar sozinho permite que a relação vivida com o local seja mais vibrante, uma vez que o seu foco é a viagem, sem riscos às distrações e negociações. E nessa relação maximizada, nessa absorção dos passeios, do local e da população, amalgamada com suas reflexões, o sentimento de solidão não se faz presente. Quando você empreende o desafio de viajar sozinho, sua consciência é profundamente preenchida pelo mundo lançado na sua direção.

Essas sensações podem ser essenciais para apreciarmos prioritariamente algumas “viagens” solitárias. E talvez não seja à toa que viajantes solo aumentam ano a ano. Veja a reportagem e incorpore uma grande dose de coragem! - "Cresce o número de brasileiros que vão viajar sozinhos".


* * * * * * * * * *


Uma das atitudes determinantes na economia de sua viagem ao exterior é escolher uma boa casa de câmbio. Nesse blog, temos uma parceria com a BeeCâmbio, que oferece delivery grátis para as principais capitais e excelentes spreads na conversão. Além disso, os leitores do blog possuem um desconto perpétuo de 10% em todas as transações. Veja como associar-se no texto abaixo:




* * * * * * * * * *

Veja algumas excelentes dicas de lugares legais e incríveis para onde viajar sozinho no Pinterest. E já que está lá, porque não ver também as melhores fotos de algumas de minhas viagens?

* * * * * * * * * *

As postagens dessas reflexões são parte de uma viagem que começou na Europa, passou pela Ásia e retornou ao velho continente. Veja aqui como foi essa viagem de 205 dias.


Veja mais viagens nessa página, ou ainda, algumas reflexões sobre o tema nesse link.

* * * * * * * * * *

Para receber atualizações de forma exclusiva e gratuita desse blog, clique no link abaixo:


* * * * * * * * * *
Se gostaram do post, que tal compartilhar com amigos em suas redes sociais?

Comentários

  1. Boa viagem querido!

    ;-)

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente! =)
    Curto muito viajar sozinha também, é uma experiência muito diferente!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Postar um comentário