Roteiro de viagem: Índia, Nepal e trekking em Pokhara

Roteiro de viagem previsto para viagem à Índia e Nepal com o trekking em Pokhara, primeiras paradas no continente asiático.

Um roteiro de viagem para o norte e sul da Índia, incluindo Rishikesh e posteriormente a Katmandu, capital do Nepal e um trekking em Pokhara. 


Esse roteiro é a sequência do Roteiro da Grécia e Turquia  e foi elaborado com a ajuda da Cristiane (ou Eshana). Devo encontrá-la por lá e agradecer pessoalmente as inúmeras dicas!

A Índia, como o Brasil, é um país multifacetado e as escolhas dos locais para visitas invariavelmente não vão englobar tudo que o país tem a oferecer. Por isso, é um roteiro a ser feito com serenidade.

As opções são inúmeras. Como eu comentei que gosto de fugir dos roteiros essencialmente turísticos, e como eu tenho um tempo razoável para visitar o país, Eshana sugeriu uma viagem ao sul, predominantemente hinduísta, a visita ao Triângulo Dourado, mais turístico e uma viagem à Rishikesh. A proposta é a seguinte…

De Istanbul, pegar um vôo direto a Chennai e ficar de 3 a 4 dias. Conhecer além da cidade de Chennai, Mahabalipuram e Kanchipuram. Posteriormente, ir de trem de Chennai a Tanjore/Trichy, usando mais 3 dias de viagem.

 Roteiro de viagem previsto para viagem à Índia e Nepal com o trekking em Pokhara, primeiras paradas no continente asiático.
Clique e veja a parceria do blog
Depois ir a Madurai ver a cerimônia noturna de um dos templos mais lindos da India, Periyar e Kumarakon. Cinco ou seis dias no total.

De Kumarakon, pretendo seguir viagem de barco até Kochi: dois dias no total.

De Kochi ir a Delhi. Trem ou avião, a analisar. Passar por Goa? Mumbai? Se positivo, mudo a ordem do roteiro abaixo, fazendo primeiro o Triângulo Dourado e deixando Delhi e Rishikeshi para o fim da viagem.

Caso eu vá de avião: Fico em Delhi 3 dias e pego um trem a Haridwar e depois um ônibus a Rishikesh. Cinco dias de relaxamento.

De volta a Delhi, ir ao Triângulo Dourado. Jaipur, uma parada em Fatehpur Sikri, e depois Agra. No caminho posterior a Jhansi, parar em Orccha. Posteriormente, Khajuharo e Varanasi. Oito dias no total.

O total da viagem à India pode resultar em 25 a 35 dias dependendo se visito Goa e Mumbai. Voltando à Delhi pego o avião para Kathmandu.

No Nepal, provavelmente uns 3-4 dias para a capital e 5 dias para um trekking em Pokhara, além da tentativa de ir ao Tibete.

Se desejar ir à primeira postagem desse roteiro, acesse: "Dias 29 a 32: Sul da Índia: Chennai e Mahabalipuram".

Roteiro anterior: Grécia e Turquia.

Roteiro seguinte: Sudeste Asiático.


* * * * * * * * * *


Uma das atitudes determinantes na economia de sua viagem ao exterior é escolher uma boa casa de câmbio. Nesse blog, temos uma parceria com a BeeCâmbio, que oferece delivery grátis para as principais capitais e excelentes spreads na conversão. Além disso, os leitores do blog possuem um desconto perpétuo de 10% em todas as transações. Veja como associar-se no texto abaixo:



* * * * * * * * * *


As postagens dos roteiros e também dessa aventura que começou na Europa, passou pela Ásia, retornando ao velho continente, estão na página da viagem de 205 dias à Ásia.
Veja mais viagens nessa página, ou ainda, algumas reflexões sobre o tema nesse link.


* * * * * * * * * *

Para receber atualizações de forma exclusiva e gratuita desse blog, clique no link abaixo:


* * * * * * * * * *
Se gostaram do post, que tal compartilhar com amigos em suas redes sociais?

Comentários

  1. Nunca fui, mas uma aluna minha me disse uma vez e nunca mais esqueci: compre água engarrafada e feche bem a boca quando estiver tomando banho. A Índia tem sérios problemas com disponibilidade de água tratada. E "Namaste"!

    ResponderExcluir
  2. Isso aí Carol! Melhor garantir a saúde! Namaste!

    ResponderExcluir

Postar um comentário