Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2017

Algumas estatísticas do blog - recordes de visitas e de assinantes

Imagem
Quantas pessoas já visitaram o blog esse ano? Quais são as postagens mais lidas? Qual é o seu público? Quantos assinantes possui?Nessa postagem, farei um pequeno documentário sobre o Blog Viagem Lenta. Acredito que alguns comentários serão úteis para blogueiros, e também interessantes para quem nunca mexeu com tais plataformas.Coloco ainda minhas dúvidas em como lidar com alguns aspectos e informações perante os leitores.
Olá, caros leitores. Essa postagem, além de um agradecimento aos leitores, que são a força motriz para todas as pessoas que fornecem conteúdo gratuito na web, mostra um pouco mais das estatísticas do blog e o perfil de seu público. Para os blogueiros, essas informações podem ser relevantes nas comparações com seus próprios blogs. Não pelo frio número de visualizações de página somente, mas talvez pelo entendimento de como algumas páginas levam nossos blogs nas costas, ou como nosso público interage com elas. Suas observações nos comentários enriquecerão muito o texto…

Minha biografia e os 5 elementos que compõem a inteligência financeira

Imagem
Nesse texto, escrevo sobre minha história pessoal antes de alcançar a independência financeira. E como os erros e acertos que cometi me habilitaram a apontar aqui os cinco principais elementos que compõem a base da inteligência financeira.
Já faz quase 18 anos que comecei a interessar-me pelo mercado financeiro. Em geral, começamos a nos interessar sobre o assunto a partir do momento em que o dinheiro começa a sobrar em nossa conta corrente. Comigo não foi diferente.

Naquele longínquo ano de 2000, eu trabalhava no Rio de Janeiro e fazia um MBA noturno em Administração e Gestão de Negócios na FGV em Botafogo. Uma certa noite, perguntei a um professor de economia quais seriam as melhores aplicações financeiras para investir alguns montantes mensais. Acredito que você também já deve ter feito essa pergunta a alguém...

Sabe como o professor respondeu? Com uma outra pergunta: “- Quando você pretende ser livre?”



Não assimilei bem o que ele quis dizer na ocasião; afinal, eu era livre, oras! …