Nova loja eletronicos Amazon

Eleições: uma análise ética e moral. Ou: a diferença entre PT e PSDB.

Eleições e uma análise para o voto sob uma perspectiva ética e moral - e não somente econômico-social. Esta é a maior diferença entre o PT e o PSDB.

Eleições e uma análise para o voto sob uma perspectiva ética e moral - e não somente econômico-social. Esta é a maior diferença entre o PT e o PSDB. Confira na parte final do artigo.


Esse não é um blog de política, embora em muitas postagens eu deixo transparecer claramente o que penso a respeito de diversos assuntos relacionados às decisões, práticas e estratégias praticadas por nossos representantes em Brasília. Mas em função de estarmos a três dias da eleição, optei por efetuar um pequeno comentário, racional e fundamentado, sobre nossas opções para a votação à presidente da república.

Analisando as últimas pesquisas de intenção de voto, fico perplexo como a população insiste em votar no PT. Tenho comentado em outros artigos que existem apenas duas opções para essas pessoas. Ou elas não sabem o que está acontecendo ou estão levando vantagem em alguma coisa e não querem perder seus privilégios. Não existe outra opção. Pelas redes sociais, vejo algumas postagens defendendo a candidata petista. Postagens de figurinhas, com frases primárias, mentirosas, que não esclarecem nem explicam nada. A análise é pífia, quando existe. Em geral são ataques aos demais candidatos ou comparações grotescas do governo PT com o anterior, do PSDB. Em geral feitas por pessoas com menos de 30 anos que não possuíam nem maioridade quando o PSDB saiu do governo. E claro, possuem uma ideia totalmente errada do que foi aquele período.

Não vou insistir nesse ponto comparativo pois ele fica sem sentido sem uma análise mais profunda do que é sair de um país em hiperinflação, possuir uma nova e altíssima demanda em gastos sociais em função de algumas leis delirantes da recém Constituição Federal de 1988 ou conviver com déficits públicos absurdos em função da ausência de uma Lei de Responsabilidade Fiscal. Essa foi a situação que foi herdada em 1995. Mesmo assim, para quem gosta de números, acesse essa página e veja que o governo FHC possui, em geral, indicadores melhores do que o governo Lula. E perceba: a comparação é com o governo Lula e não inclui o governo Dilma. Pois se incluísse, o resultado seria ainda mais favorável para o PSDB, visto que nos últimos 4 anos, andamos claramente para trás.

As maiores diferenças entre os dois partidos, entretanto, não estão nos indicadores econômicos, por incrível que pareça, embora o time de economistas do PSDB esteja muito à frente do time petista. Aliás, ser melhor do que o time que comanda o governo já há 8 anos nem quer dizer muita coisa, pois essa equipe econômica petista já é considerada a pior equipe econômica de todos os tempos. A era Palocci terminou há tempos. E sua condução na economia do país vai demandar um ajuste severo já em 2015, como eu havia comentado em outro artigo.

As maiores diferenças também não são referentes à demandas sociais, uma vez que o início de toda essa grande rede assistencial ocorreu no governo FHC. O PT votou contra e criticou muito a implantação dos programas de transferência de renda pelo PSDB, mas depois adotou-o e usa agora seus beneficiários como animais pertencentes ao seu curral eleitoral. O PSDB tanto criou os programas que foram fundidos posteriormente no Bolsa-Família como quer garanti-los agora como política de Estado. Não, a diferença entre ambos partidos não está aqui.

As maiores diferenças também não estão na defesa das minorias. Ambos partidos declaram-se a favor da igualdade racial, de gênero e de orientação sexual. Não diferem ainda no papel atribuído ao Estado para o setor de educação e de saúde, defendendo a manutenção de toda o arcabouço estatal.

Percebe-se que o PSDB está muito distante de pessoas que defendem princípios liberais, como eu. Logo, não faço uma defesa do partido, bem como tenho muitas críticas a ele. Afinal, o partido é de esquerda, embora alguns lunáticos insistem em colocá-lo como representante da esfera oposta. Mas é uma esquerda bem menos imbecil e perigosa do que a esquerda representada pelo partido da situação. E o objetivo aqui é mostrar que mesmo assim, ele possui uma diferença marcante em relação ao PT.

A maior diferença dos dois partidos está no aspecto ÉTICO e MORAL.

O PSDB NÃO fundou e nem apoia o Foro de São Paulo, como o PT.

O PSDB NÃO defende, dá voz e elogia grupos terroristas como as Farc, como o PT.

O PSDB NÃO financia e/ou se solidariza com ditadores pelo mundo, como o PT.

O PSDB NÃO passa a mão na cabeça e chama de "guerreiros" bandidos condenados e presos por um julgamento no STF, como o PT.

O PSDB NÃO apoia decretos para beneficiar politicamente minorias organizadas em detrimento à maioria da população, como o PT.

O PSDB NÃO tenta solapar a liberdade de imprensa através de projetos de lei e financiamento de blogs sujos que pululam na internet, como o PT.

O PSDB NÃO tem políticos apoiados pelo PCC, como o PT.

O PSDB NÃO tentou processar analistas econômicos por emitirem sua opinião pessoal.

O PSDB NÃO usou truques e maquiagens criativas nas contas públicas para mostrar uma realidade econômica que não existe, como o PT tem feito ultimamente.

É por esse meio que encorajo as pessoas que possuam um modelo mental coerente a escolher com cuidado seu candidato. O PT representa a supressão de sua liberdade. O PT representa a destruição da verdade. O PT representa a perda de sua própria individualidade. Se você acredita que aqui nunca será uma Venezuela, é porque ainda é um sapo que não percebeu que a água está esquentando.


Veja também:

Brasil: união ou cisão? Preconceitos e discursos de ódio nas eleições.

Esse ano vote no PT e conquiste uma Venezuela só para você.


Mais artigos sobre Política e Estado nesse link.



Comentários

  1. Muito bom o texto, e concordo com vc, só trocaria "escolhas sexuais" por orientação sexual.

    Abraço !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Feito Azul! É, de fato, o termo correto. Abraço!

      Excluir
    2. Yep, não é uma escolha ! Abração !

      Excluir
    3. Sim! Obrigado pela correção! :)

      Excluir
    4. Parece "politicamente correto", mas trata-se de escolhas sexuais sim, não trata-se de estupros (a vítima não escolhe).

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Darlene, mas na minha visão, esse "salvador" teria que ter um princípio maior, que é o de "não governar", ou seja, diminuir o peso do Estado na sociedade. Vai se difícil aparecer com esse modelo mental que o brasileiro possui...

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Concordo como Andre, pois muito dinheiro nosso foi investido em outros paises, porque não investiram aqui no Brasil?

    ResponderExcluir
  5. Como não acompanhei nada nessa eleição de cartas marcadas, vou votar no 27 e torcer para que os ptralhas venham à ser derrotados, infelizmente acredito que não serão o "povo "ta cego.

    ResponderExcluir
  6. Senhor ANDRÉ REZENDE AZEVEDO, quero avisá-lo que muitos dos eleitores que votaram em Marina Silva votarão em Aécio Neves. A tendência é que o PT sofra uma derrota histórica. Este Segundo Turno das Eleições Presidenciais de 2014, que ocorrerá no seu dia 26, será extremamente difícil, principalmente para o PT. Este partido perdeu 18 cadeiras na Câmara dos Deputados. O primeiro mais votado em São Paulo para deputado federal é Celso Russomanno (PRB), com aproximado 1,52 milhão de votos, e o para estadual Fernando Capez (PSDB), com trezentos e seis mil duzentos e sessenta e oito. José Serra (PSDB) foi eleito senador com aproximados 11,1 milhões deles. Geraldo Alckmin (PSDB) foi reeleito governador com aproximados 12,23 milhões deles. Por isso, desejo que a Sociedade Brasileira vote em Aécio Neves neste Segundo Turno, pois ele está preparado para fazer as mudanças necessárias no Brasil, como o enrijecimento da legislação penal, a diminuição do número de ministérios por meio de fusões e assim sucessivamente. Agradeço-lhe de todo o meu coração! Obrigado!

    ResponderExcluir
  7. Olá André Rezende Azevedo, excelente o conteúdo, a clareza e a imparcialidade como você colocou "Eleições: uma análise ética e moral. Ou: a diferença entre PT e PSDB". Parabéns pelo excelente texto. Só não vê as diferenças e entendem, porque já estão cegos, pois colocaram o PT, a Dilma e principalmente o Ex presidente Lula em um nicho e diante dele já estão de joelhos ha anos.
    Um abração em Cristo,
    Pr Flávio da Cunha Guimarães.

    ResponderExcluir
  8. Basear em fatos não é comentar o que aconteceu de fato. Quando alguém se propõe a escrever um artigo sério, temos que ir fundo em busca da verdade que a história deve contar. Quanto nos deparamos com artigos desse porte eu fico imaginar se isso é de fato uma matéria não tendenciosa. Se fossemos sérios e mergulhássemos na história política do País, entenderíamos que nenhum partido, na atualidade e no passado, foram isentos de idiocracia e corrupção. Se o colega tivesse acompanhado o segundo mandato do senhor Fernando Henrique Cardoso, saberia que oreal se manteve por uns tempos estável graças ao FMI, dinheiro esse que nem chegou a entrar no país. Saberia também que foi o governo que mais comprou deputados para não votarem nas CPI abertas pela oposição. Saberia também que Alvaro Dias e Osmar Dias, ambos políticos de Londrina, foram expulsos do PSDB pq ousaram a votar contra orientação do partido na CPI da Corrupção em reprimenta tiveram como premio por serem honestos expulsão do PSDB. Se fossem mais longe, saberiam que a reeleição foi obra do governo americano para que eles fizessem o que fizeram noBrasil, sendoFHC marionete do homem amaericano que desde criancinha sonhou em ser presidente do Brasil. Se chamam que o que Amaury Junior escreveu e documentou em seu livro Privararia Tucana, é lixo, como disse o inimigo do Brasil senhor Serra, vá se informar lendo o livro do maior jornalista investigativo da atualidade, o norte-americano Greg Palast em seu livro A Melhor Democracia que o Dinheiro pode Comprar. Eu entendo que podemos expor idéias, mas esconder os fatos, é no mínimo um contra-senso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Basear em fatos não é comentar o que aconteceu de fato" - Talvez basear-se em opiniões - tendenciosas, na maioria das vezes, seja comentar o que aconteceu de fato, então, certo? Parabéns!

      Esperava que seu comentário também devesse ir a fundo em busca da verdade. De qualquer forma, suas palavras tecem um caminho que eu não defendi no blog - que o PSDB é isento de corrupção. Nunca disse isso e comentei que tenho muitas críticas ao partido e que ele não representa, por ainda ser um partido socialista. O objetivo do texto é somente mostrar algumas diferenças entre ele e o PT. Diferenças essas que foram citadas e não entraram no seu comentário.

      Mais uma chance para vc colaborar para o debate.

      Excluir
  9. Vou colar aqui parte de um texto que eu vi que refuta parte de sua tese mentirosa.

    __________________

    "O PSDB NÃO fundou e nem apoia o Foro de São Paulo, como o PT."
    - Errado, ou teria exterminado com as iniciativas do foro e com os partidos filiados a ele, e não o fez;

    "O PSDB NÃO defende, dá voz e elogia grupos terroristas como as Farc, como o PT. "
    - Errado, ou teria exterminado as FARC em território nacional, e não o fez.

    "O PSDB NÃO financia e/ou se solidariza com ditadores pelo mundo, como o PT. "
    - Errado, FHC era amigo intimo de Hugo Chaves.

    "O PSDB NÃO passa a mão na cabeça e chama de "guerreiros" bandidos condenados e presos por um julgamento no STF, como o PT. "
    - Errado, lembra do Salvadore Cacciola, Sergio Oliveira, Chico Lopes e cia ltda? Não foram pro STF, mas estão aí celebrando a impunidade, tal e qual o PT com seus amigos. E mais, essa é recente: Qual foi o voto que soltou os empreiteiros do Petrolão? Gilmar Mendes, indicado por quem ao STF?

    "O PSDB NÃO apoia decretos para beneficiar politicamente minorias organizadas em detrimento à maioria da população, como o PT."
    - Errado, o sistema de cotas, bolsa família e outras bandeiras do PT foram todas criadas pelo PSDB.

    "O PSDB NÃO tenta solapar a liberdade de imprensa através de projetos de lei e financiamento de blogs sujos que pululam na internet, como o PT."
    - Taí algo que eu realmente não sei se o PSDB não faz.

    "O PSDB NÃO tem políticos apoiados pelo PCC, como o PT."
    - Errado, o PSDB tem políticos envolvidos com todo tipo de falcatrua sim, inclusive tráfico de drogas.

    "O PSDB NÃO tentou processar analistas econômicos por emitirem sua opinião pessoal."'
    - Errado, o Aécio tentou processar até o Google. E perdeu, obrigado.

    ____

    Agora vou colar parte da minha resposta que completa o que o autor do texto acima não soube responder:

    "O PSDB NÃO tenta solapar a liberdade de imprensa através de projetos de lei e financiamento de blogs sujos que pululam na internet, como o PT."

    ERRADO! Aécio silenciou o máximo de mídias mineiras possível para que elas não falassem do quanto ele foi suspeito de diversos desvios enquanto governador de Minas Gerais.

    Quanto a você ter o despautério de dizer que o PSDB não apóia ditaduras, diz isso para essa foto: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/images/n1408012001.jpg

    ____

    Acrescento mais: Fernando Henrique Cardoso foi um dos criadores do Foro de São Paulo. Há um esquema de longa data de tráfico de órgãos em Minas Gerais comandado por um amiguinho do Aécio Neves, o Carlos Mosconi, que era deputado federal do PSDB. Conhece o Caso Pavesi? Se não conhece, aconselho dá uma breve pesquisa no Google. Digite assim: "carlos mosconi pavesi" e boa leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. - FHC financiou metrô na Venezuela
      - Aqui está o memorando de entendimento entre Brasil e Cuba para financiar a compra de alimentos com recursos orçamentários – reparem, orçamentários, diretamente da União – através do Proex (leia-se Banco do Brasil) em US$ 15 milhões, firmado em 1998: http://dai-mre.serpro.gov.br/atos-internacionais/bilaterais/1998/b_29/
      - FHC financiou ônibus pra turismo em Cuba: http://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/export/sites/default/bndes_pt/Galerias/Arquivos/empresa/RelAnual/relato00.pdf

      Só para. (Y)

      Excluir
    2. Honoka, não seja tão desonesto. Fica feio...

      Foro de SPaulo: desconheço que o FHC tenha criado o foro. Isso parte de você provar suas fontes. O PSDB pode ter sido tolerante - uma vez de esquerda, sempre de esquerda. Veja como o FHC tratava o Lula no seu governo, sendo até um dos apoiadores tácitos de sua eleição. Mas isso não quer dizer que o PSDB apoia o foro. Desonestidade intelectual pura. Avalie a política que o PSDB está fazendo no Ministério das Relações Exteriores do governo interino de Temer.

      Farc: ok, então se vc não consegue eliminar algo no país, vc é a favor dele. Que conclusão estúpida, hein? E a dose de incompetência característica da esquerda, onde inclui-se o PSDB? Mais uma desonestidade intelectual.

      Embora eu desconheça tal amizade "íntima" (sem fontes fica difícil comprovar), as amizades pessoais de FHC não tem nada a ver com o artigo, pois FHC não é o PSDB e vice-versa. Tal ilação provém de mentes petistas onde seu líder máximo manda e desmanda no partido. Outra desonestidade intelectual.

      Compare o caso das atitude do PT na condenação de José Dirceu e seus comparsas no mensalão e a atitude do PSDB no caso da condenação de Eduardo Azeredo. Mais uma afirmação desonesta de sua parte. Os exemplos citados só mostram o seguinte: corrupção e tentativas de salvamento existem em todos os partidos, mas apenas o PT idolatra seus próprios bandidos. Fato que vc não tem, se for uma pessoa honesta, como negar.

      Cotas e bolsa família são minorias organizadas? Mais uma desonestidade intelectual. Estou dizendo, entre outras coisas, do "Minha casa minha vida entidades", que beneficia claramente o MTST e deixa rico o Boulos e seus asseclas.

      PCC: Veja a pesquisa da intenção de votos a presidente que foi feita nas prisões antes da eleição de 2014. Daí vc vai saber quem os criminosos apoiam. Coleções de desonestidades intelectuais.

      Na sua cabeça o Google virou analista econômico! Pense nos processos contra a gerente demitida do Santander, da Empiricus Research, etc. Nunca vi o PSDB atingir tal nível de censura de opinião. O caso do Aécio, embora eu seja contra, tem a ver com publicações de informações pessoais. Mais uma desonestidade intelectual.

      E se não for desonestidade intelectual, é estupides mesmo, pura e simples.

      Um abraço!

      Excluir

Postar um comentário

kindle

Leia também:

O adeus ao cartão Infinite, às "milhas aéreas" e a opção ao Nubank

Liberdade e poder: os direitos naturais de John Locke revisitados

Porque abri uma conta no banco Inter e deixei de usar o Bradesco