ofertas de lancamentos

Viagem Lenta - 2014

Novos objetivos do blog como meio de lembrança, reflexão, e auxílio para aventureiros que prezam sua liberdade, tanto em viagens físicas como nos comportamentos do dia a dia.

Novos objetivos do blog como meio de lembrança, reflexão, e auxílio para aventureiros que prezam sua liberdade, tanto em viagens físicas, mas também no dia a dia.


Acrescentei o seguinte texto na aba “O blog”, enfatizando o porquê da inclusão de novos temas por aqui:

“Após a viagem que deu origem ao blog, fiquei alguns meses afastado das postagens. Concorrendo com minhas atividades diárias existia um desejo de compartilhar pensamentos, bons textos, recomendações de livros, etc, mesmo não ligados às viagens em si. Não me apetecia, entretanto, criar outro blog e drenar tempo com duas administrações. Até por não possuir ambições comerciais, incorporei que, apesar de aparentemente misturar alguns temas, aqui é meu espaço, e o objetivo maior é guardar ideias e comentários aos quais atribuo significância e qualidade. Se gerar discussões por quem se interessa, melhor ainda. Caso contrário, nada será perdido, pois acredito ser o local mais seguro para armazená-los, uma vez que posso fazer backup periódico e não está sujeito ao vai e vem das redes sociais, onde a necessidade para rever uma postagem antiga demanda um esforço tremendo. Algo bem mais simples na plataforma do Blogger.

Acredito que o blog não se tornará um Frankstein, entretanto. O tema "Viagens" pode ter significados mais amplos. Eu explorei um desses significados na postagem "Investimento: uma viagem lenta?", mostrando que investir financeiramente, visando sua liberdade, também é uma viagem lenta, onde ponderar o presente e o futuro é essencial. E manter esta liberdade, infelizmente, está se tornando difícil no mundo em que vivemos. Na surdina, leis e regulamentações criadas em uma frequência crescente pelo Estado têm impedido de sermos nós mesmos, de alcançar a plenitude de nosso próprio conhecimento e auto-estima, ao mesmo tempo que retira grande parcela de nossa responsabilidade na construção de nosso destino. Assim, não é à toa que foram criados dois novos temas no menu horizontal abaixo do cabeçalho do blog: Liberdade e Investimentos, onde farei um link para cada post.

Por inspiração em uma conversa com um grande amigo, resumo a nova proposta na forma de um ciclo:

“A LIBERDADE só é frutífera quando, através de REFLEXÕES baseadas na sabedoria do real valor da vida, distante de bens físicos e oculto na rotina, nos possibilita viajar e desfrutar a estrada da vida na forma de uma DANÇA LENTA. Essas VIAGENS, físicas ou não, tornam-se possíveis quando percebermos que estamos presos em uma perversa corrida de ratos, e que sua porta de saída é gerenciar os INVESTIMENTOS de forma equilibrada, nos proporcionando tempo e independência. E são o tempo e a independência que viabilizarão a almejada LIBERDADE.”

Vamos então, aos poucos, iniciando essa construção…”

Comentários

Postar um comentário

kindle

Leia também:

O adeus ao cartão Infinite, às "milhas aéreas" e a opção ao Nubank

Liberdade e poder: os direitos naturais de John Locke revisitados

Porque abri uma conta no banco Inter e deixei de usar o Bradesco